ANO VELHO/ANO NOVO 2019

O ano que se vai 2018, foi um ano de muitas atividades, um sufoco pra manter o comércio de Aromaterapia, uma novidade ainda no Brasil, mas agora já bem mais conhecida com o marketing pesado de uma empresa americana que tirou o sono de muita gente. Mas na verdade só está abrindo mais nosso mercado para os fornecedores brasileiros.

Consegui sair do medo de dar aulas no modelo Workshop, foi uma conquista que também me ajudou a manter a loja e trazer novos atendimentos para terapêuticos, me sinto muito mais segura, inclusive vendo muitos resultados positivos nos atendimentos

Muita coisa boa aconteceu, Mayra Corrêa E Castro (Casa Máy – Aromaterapia e Vida Natural) concretizou um sonho de montar o primeiro Congresso Sulbrasileiro de Aromaterapia, terapeutas de todo sul em Curitiba, um evento encantador com muitos conhecimentos para novos alunos e empreendedores.

Depois surgiu a oportunidade de ir a França?? fazer um Tour aromático com a equipe Oshadhi – Yan Oberlaender, uma semana de aulas e passeios encantadores, conheci aromaterapeutas do todo Brasil, uma turma maravilhosa e com minha falta de inglês falado, cheguei lá com a ajuda e companhia da querida Raquel Cadete rsrsrs, né Quelzinha.

As vendas melhoraram muito, e começa faltar espaço para mais produtos, e mais cursos. Então vamos à procura de outro imóvel, e nada de achar algo próximo com um valor que coubesse no bolso. Então a gente lembra de uma cliente especial que sempre me dizia vem pra uma das minhas lojas, mas eu quero ficar mais próxima do Batel, dizia pra ela, e não do Portão!!!! mas a estratégia de mercado diz que o lugar é muito bom, é na rua com certa segurança, tem grade na frente.

O movimento é intenso, tá então vamos pra lá. E começa aquele corre corre que toda mudança exige. Novos materiais com endereço novo?, e lá vamos nós, mais uma vez apertar o sinto, economizar e investir em um local novo.

Que sejamos abençoados e que venha 2019 com toda sua força e as mudanças necessárias, estou animada, vida nova e novas experiências quase aos 60 anos de idade.

Leave a comment