10 Óleos essenciais de repercussão terapêutica e científica

Os óleos essenciais são a base da aromaterapia – um tratamento holístico e alternativo que tira partido dos aromas naturais, extraídos das flores, folhas, raízes, e madeiras, para trazer benefícios para o corpo, mente e espírito. São inúmeros os óleos essenciais, mas cito dez com maior repercussão terapêutica e científica tanto da área aromaterápica como na perfumaria. A principal ação terapêutica dos óleos essenciais consiste em fortalecer os órgãos e suas funções e proporcionar mecanismos de defesa do corpo.

 

Alecrim

Rosmarinus officinalis nativo do mediterrâneo,  hoje cultivado em todas as partes do mundo, em época de guerra, queimava-se o alecrim junto com o zimbro para prevenir infecções e purificar o ar. Usado também como incenso em algumas cerimônias religiosas. Composição :  acetato de borneíla, alfa-terpineol, beta-cariofileno, borneol, eucaliptol, canfeno, cânfora, 3-careno, cineol, geraniol, aldeído cumínico, lilanlo, limoneno, p-cimeno, alfa e beta-felandreno, alfa e beta-pineno, alfa e beta-terpineno, tujona, terpinen-4-ol, alfa-terpinel, verbenol, verbenona, fenchona.

Aplicação: abcessos, acne, asma, artrites, bronquite, câibras musculares, debilidade geral, exaustão, estafa e cansaço mental, má circulação, neuralgia. Purificador em geral, é antisséptico, bactericida, tônico do fígado (quimiotipo borneol), da vesícula e do sistema nervoso, antidepressivo, animador e fortificante de reforço para pessoas hipotensas. É analgésico nas dores musculares, articulações e artrites, gota, lesões e queimaduras. Estimula o a digestão, diminuindo os espasmos e a flatulência. Estimula o sistema respiratório, os centros vitais, o metabolismo e as glândulas adreno-corticortais. É indicado para tratar acne, eczema, pele madura e no tratamento capilar como regulador de seborreia, oleosidade dos cabelos, caspa, queda dos cabelos e estimulante do couro cabeludo. Precauções: não desse ser usado por pessoas hipertensas ou epiléticas, devido a sua constituição com cânfora. Evitar na gravidez, na febre ou junto com medicamentos homeopáticos ( a cânfora tira o efeito desse tipo de medicamento).

Camomila

Camomila dos alemães (matriacaria chamomilla) cultivada em países do leste europeu, bem como na Argentina e no Egito. Considerada a mãe das ervas , por ser uma das primeiras a ser usada de forma medicinal. Composição: azuleno, camazuleno, alfa-bisabolol, óxidos bisabolol alfa e beta farnesol, farnaseno, tujunol. Outros constituintes importantes são os flavonóides: apigenina, luteolina, quercitina, bem como seus glicosídeos correspondentes, como o ácido clorogênico e compostos coumarínicos. Aplicação: excelente anti-inflamatório por causa do azuleno; É especial para problemas menstruais, além de ser sedativo para o uso infantil, de ação antiespasmódica. Imunoestimulante, indicado para articulações inflamadas, artrite, reumatismo, abscessos, alergias, furúnculos, feridas, dermatites, disfunções do sistema reprodutor feminino, TPM, menopausa, amenorreia, dismenorreia, enxaqueca, dores de cabeça, de ouvido, de dente, cuidados com a pele, pele inflamada, acne, picada de insetos, insônia, irritabilidade, reumatismo, problemas digestivos, anemia, astenia, acessos de raiva, estresse. Precauções: peles sensíveis.

Camomila-romana (Anthenmis-nobilis) – cultivada no Brasil e Portugal, planta rasteira, conhecida como macela dourada. Composição: alto teor de ésteres, pinocarvona, pineno, farnesol, pinocarvol, azuleno, beta-cariofileno, canfeno, mirceno. Aplicação: imunoestimulatne, antianêmico, calmante, analgésico e colagogo, é indicado para abcessos, furúnculos, dermatites, pele sensível, alergias, eczema, artrites, inflamação das articulações, reumatismo, distenção, torceduras, ferimentos, cortes, problemas digestivos e estomacais, flatulência,disfunções hepáticas, congestão do fígado e baço, cólica, colite, náuseas, cistites, dismenorreia, menopausa, TPM, neuvralgias, peles inflamadas, tensão mental, hipersensibilidade e acessos de raiva e estresse.  Precauções: peles sensíveis.

Eucalipto

Uma das árvores mais altas, o eucalipto é nativo da Tasmânia e da Austrália chamado de arvore da resina azul, com mais de 500 espécies, o mais usado é o Eucalipto citriodoraeucalipto globulus.  O primeiro tem em sua composição: citronelal, cineal, ou caliptol, eudesmol, aromadendreno, pineno, globulol, canfeno, limoneno, fencheno, felandreno, pinocarvona, álcool etil, amil.  É conhecido da medicina antiga, remédio extremamente eficaz e versátil. Antisséptico e antiviral, expectorante e estimulante do sistema respiratório, é bem conhecido pelo seu efeito em refriados e catarro, sendo indicado para asma, bronquites, tosse, má circulação, diabetes, sinusites, doenças infecciosas e urinárias, herpes labial, reumatismo e dores musculares, parasitas intestinais. Balsâmico, equilibra as energias, e é frequente usado em saunas para purificar o ar. Precauções: é tóxico no caso de ingerido.

Eucaliptus-citriodora – tem uma composição com descrição olfativa num tom mais cítrico. Alto conteúdo de citronela, ácido betulínico e ursólico, eucaliptina, beta-sistosterol. Nas folhas glabras:  citronelal, citronelal, isopulegol, alfa-pineno, beta-pineno e aldeído isovalérico.  Aplicação: antisséptico e bactericida, desodorante, desifentante, desodorizador, saneador, repelente de insetos, é indicado para arttrites, bronquites, catarro, resfriados, tosse, fere, gripes, dor de garganta, dor de cabeça, sinusite, exaustão, má circulação, doenças infecciosas, herpes labial, cortes pé de atleta, herpes e fungos instestinais. Estimulante, auxilia na concentração mental, suaviza as oscilações de humor provocadas por frustração e os acessos de raiva.

Gerânio

Pelargoniun graveolens – nativo do Cabo da Boa Esperança, na África do Sul, e largamente cultivado na Itália, china, Egito, Espanha, França, Marrocos e Japão. Estimula o córtex adrenal, onde são produzidos os hormônios que regularizam a produção de hormônios em outros órgãos. Possui propriedades antissépticas, antidepressivas, anti-inflamatórias e diuréticas.  É muito utilizado na indústria cosmética por sua capacidade de controlar a produção de oleosidade, adaptando-se a todos os tipos de pele. Composição: citronelol, geraniol, acetato de citronelila, acetato de geraniol, acetato de linalila, beta-cariofileno, sabineno, mentona, ácido geraniale. Precauções: deve ser utilizado com cautela para evitar dermatites. Não usar durante a gravidez.

Hortelã-pimenta

Mentha piperita – Natural da Europa e largamente cultivada em diversos países. Conhecida pelos egípcios e bastante empregada pelos médico gregos, usada em perfumaria, comésticos e na indústria alimentícia.  Produz um óleo refrescante e revigorante, que também possui um efeito aquecedor. Composição: ácido p-cumárico, ácido ferúlico, ácido fórmico,ácido isovalérico, ácido romarínico, álcool amílico, aspingenina, mentol, acetato de mentila, mentona, nicotinamida, cineol, jasmona, carvona, carvacrol, limoneno, felandreno, pineno, cadineno, cariofileno, beta-cariofileno, beta-sistosteral. Aplicação: antiespasmódico, descongestionante, antisséptico, analgésico e vasoconstritor. Tem efeito vermicida. Tônico e estimulante do aparelho digestivo, do sistema nervoso e dos centros vitais. Reduz a febre e alivia tosse e resfriados. Indicado para asma, cólica, exaustão, sara, sinusite, vertigens, neuralgias, dores musculares e articulares, dores de cabeça e enxaquecas, distúrbios metabólicos; nas cólicas nervosas, diarreias, vômitos espasmódicos, estafa e cansaço mental.  Na esfera emocional é indicado para pessoas tímidas e muito sensíveis; clareia pensamentos e, por suas propriedades estimulantes auxilia em estados de depressão e no tratamento dos estados de choque. Afrodisíaco, é utilizados em casos de impotência. Precauções: evitar na gravidez, e não usar com medicamentos homeopáticos.

Lavanda

Lavandula officinales/ Lavandula angustifólia -Originária da região do mediterrâneo e largamente cultivada no Sul da Europa. Durante a Segunda Guerra, era aplicado como antisséptico nas feridas. É largamente usada na perfumaria, especialmente como água de toucador por sua fragrância popular. Composição: monoterpenos:acetato de linalila, linalol, alfa-pineno, canfeno, felandrendo, terpinoleno, alfa-tujenem, cânfora, beta-ocimeno, cedreno, eucaliptol, geraniol, borneol, acetato de borneíla, terpinem-4-ol, alfa-terpineol, carvona, nerol, lavandulol, acetato de lavandila, acetato perílico, álcool perílico, cariofileno, cadineno, cadinol, bisaboleno, bisabolol. Ácidos: acético propiônico, caproico, isobutírico, valérico, tíglico, benzoico, p-coumparico. Cetonas: metilamil, etilamil. Aldeídos:n-hexanal, n-heptanal.  Aplicação: extremamente versátil, suas ações incluem normalização, ação analgésica, antisséptica, antibiótica, antidepressiva, bactericida, repelente de insetos, efeito  descongestionante e sedativo. Um dos poucos óleos que pode ser aplicado direto na pele, até mesmo em queimaduras. Atua como sedativo nervoso e muito bom para dores de cabeça junto com hortelã-pimenta.

Limão

Citrus limonum – originário da Pérsis. O óleo essencial de limão é extraído da casca  fresca com pressão a frio, em diversos páises do mundo. Composição: limoneno, citral, geraniol, citronelol, pineno, cadineno, bisaboleno, canteno, dipenteno, felandreno. Aplicação: possui um efeito refrescante e estimulante. Usado para acrescentar vivacidade mental, estimula o corpo e a mente. Fortifica as veias e firma a pele. Excelente antisséptico, de grande ação bactericida, estomacal, carminativo, depurativo, hipotensor, antirreumático, diurético e tônico, é indicado para reumatismo, hipertensão, arteriosclerose, pé-de-atleta, pústulas, resfriados, calosidades, pele oleosa, cuidados com a pele, manchas, veias varicosas e verrugas. Precauções: é fototóxico. Não deve ser aplicado em áreas que estarão sujeitas a exposição solar nas 24 horas seguintes. E altas doses pode ser irritante para a pele sensível.

Rosa

Vem da Bulgária, França, Marrocos e Turquia, o óleo essencial de rosa damascena  e rosa centifólia poderoso antisséptico e antidepressivo, é largamente usado na indústria cosmética, como agente aromatizante, em forma de água de rosas, como também na preparação de alimentos, especialmente no Irã. Indicado para pele sensível, pele seca, pele madura, rugas e eczemas, é ótimo remédio para tratar desordens do sistema reprodutor feminino, menopausa, hemorragias, estresse, depressão, frigidez e impotência. Precaução: evitar o uso durante a gravidez.

 

Sândalo

Óleo Essencial de sândalo ( santalum álbum) de ótima qualidade vem de Mysore, no sul da Índia,a árvore é cortada quando está madura e encerra síntese do óleo essencial, para destilar usa-se apenas o miolo da árvore. O hindus acreditam que o sândalo purifica o corpo e a alma, e por isso o utilizam na comemoração do ano-novo e em casamentos.  É também um purificador do sangue e muito útil em massagens. É bastante popular como incenso e como ingrediente de perfumes, sabonetes e cosméticos. Composição: santalol, furfurol, acetato de santila, santaleno. Pode ser usado como: adstringente, antiespasmódico, antisséptico, geniturinário, indicado para leucorréia, acne, pele seca, pele rachada, pele oelosa, cicatrizes, pele sensível, marcas de expressão. Acalma o estômago, ansiedade, tensão nervosa, depressão, estresse e impotência. Inspira a mente e a meditação, e é utilizado em rituais e práticas de yoga. Libera a retenção de líquidos, clareia o catarro e estimula a cicatrização. Precaução: não usar quando os rins estiverem inflamados.

Ylang-ylang

 

Cananda Odorata – Com origens na Indonésia, o óleo essencial ylang-ylang (flores das flores).  Tem efeito sedativo. Considerado afrodísiaco de grande poder estimulante sexual, na Indonésia colocam flores na cama dos recém-casados. É largamente usado na indústria cosmética como componente de fregância. Composição: ylangol, safrol, linalol, farnesol, geraniol, geranial, ácido benzóico, acetato de benzila, acetato de garanila, eugenol, metil cavicol, pineno, cadineno, beta-cariofinleno, farnaseno. Aplicação afrodisíaco, calmante, sedativo, levemente eufórico, indicado para ansiedade,  depressão, tensão nervosa, insônia, impotência, frigidez, hipertensão, taquicardia e estresse, pele oleosa, queda e crescimento dos cabelos. Possui efeito calmante sobre a pele.